top of page

PSICOLOGIA DAS CORES

Atualizado: 11 de mai. de 2023

Como elas afetam o comportamento humano.



Você já se perguntou por que se sente calmo em uma sala pintada de azul claro ou se sente apaixonado quando vê um carro vermelho vivo? A resposta está na psicologia das cores, que estuda como diferentes cores afetam as emoções e o comportamento humano.


O impacto das cores em nossa percepção e comportamento é tão significativo que empresas e profissionais de marketing as utilizam para influenciar as decisões de seus clientes. Portanto, entender a psicologia das cores não é apenas essencial para designers, profissionais de marketing e anunciantes, mas também para indivíduos que desejam criar uma atmosfera que reflita suas emoções e intenções.


Neste artigo, discutiremos os fundamentos da psicologia das cores, as emoções associadas a diferentes cores, como as marcas usam as cores para criar significado e aplicações práticas da psicologia das cores.


Emoções associadas a cores diferentes


As cores podem evocar uma variedade de emoções nos indivíduos, tornando-as uma ferramenta poderosa na comunicação de sentimentos e ideias. Aqui estão algumas das emoções associadas a cores diferentes:


Vermelho: Paixão, Energia, Entusiasmo

O vermelho é uma cor quente que estimula os sentidos e evoca fortes emoções. É frequentemente associado ao amor, paixão e desejo. O vermelho também é usado para criar um senso de urgência, tornando-se uma cor popular em campanhas de marketing.


Azul: Tranquilidade, Confiança, Segurança

O azul é uma cor fria que simboliza calma e serenidade. É frequentemente associado à confiança, sabedoria e lealdade. O azul é amplamente usado em marcas corporativas para criar uma sensação de profissionalismo e confiabilidade.


Amarelo: Alegria, Felicidade, Otimismo

Amarelo é uma cor brilhante e alegre que evoca emoções positivas. Está associado à luz do sol, calor e felicidade. O amarelo é comumente usado em marketing para atrair atenção e promover otimismo.


Verde: Natureza, Crescimento, Frescura

Verde é uma cor natural e calmante que simboliza crescimento e harmonia. É frequentemente associado ao meio ambiente, saúde e paz. O verde é usado no marketing para promover produtos ecológicos e criar uma sensação de calma e equilíbrio.


Roxo: Sensualidade, Nobreza, Mistério, Descoberta, Transformação

O roxo é uma cor que transmite mistério, sofisticação e espiritualidade. Na psicologia das cores, o roxo é associado ao luxo, à criatividade e à individualidade. É uma cor que pode ser utilizada em estratégias de marketing para transmitir um senso de exclusividade e prestígio, por exemplo, em produtos de alta qualidade e em marcas de moda ou cosméticos.


Laranja: Bom humor, Energia, Equilíbrio

O laranja é uma cor vibrante e energética, associada à diversão, entusiasmo e criatividade. Na psicologia das cores, o laranja é frequentemente utilizado em estratégias de marketing para criar um senso de urgência e incentivar ações imediatas, como em chamadas para ação ou promoções de vendas.


Aqui estão alguns exemplos de marcas e suas cores e significados associados:



Coca-Cola: a cor vermelha da marca Coca-Cola é frequentemente associada à energia, paixão e excitação, o que se alinha com a natureza do produto da marca, que é um refrigerante com cafeína.



McDonald's: o amarelo brilhante e o vermelho do logotipo do McDonald's são cores vibrantes e alegres que evocam felicidade, otimismo e diversão. Essas cores também podem ser associadas à fome e à excitação, o que é apropriado para uma rede de fast food.



Subway: A rede de fast food subway apostou no verde e amarelo, o verde remete a saúde, natureza, e amarelo felicidade e otimismo. Ou seja, o contrário da Mc´Donald, a Subway tem como marketing o alimento saudável.



Nike: o logotipo da Nike apresenta a cor preta simples e ousada, que evoca sofisticação, seriedade e poder. A marca Nike também usa a cor branca, que é frequentemente associada à pureza e simplicidade, O branco é a junção de todas as cores e o que a marca quer passar é que ela é feita para todos os públicos.



Facebook: o logotipo do Facebook é azul, que é uma cor que evoca confiança, segurança e tranquilidade. Essa cor é apropriada para uma rede social, pois as pessoas tendem a confiar em sites que lhes dão uma sensação de segurança e tranquilidade.



Apple: o logotipo da Apple apresenta a cor cinza prateado, que é frequentemente associada à inovação, sofisticação e modernidade. Essa cor é apropriada para uma empresa que produz tecnologia de ponta.




Esses são apenas alguns exemplos de como as cores podem ser usadas para criar significados e evocar emoções específicas em uma marca. É importante notar que esses significados podem variar de cultura para cultura e de pessoa para pessoa.



Aplicações práticas da psicologia das cores na terapia




As cores têm um papel importante na comunicação em terapia, podendo ser utilizadas de diversas maneiras para auxiliar no tratamento dos pacientes. A cromoterapia é uma técnica que utiliza as cores para tratar desequilíbrios emocionais e físicos dos pacientes, por meio da aplicação de luzes coloridas ou da utilização de objetos coloridos. Além disso, as cores podem ser utilizadas em atividades terapêuticas, como desenhos ou pinturas, para que o paciente possa expressar suas emoções e sentimentos de maneira mais clara e simbólica.


A escolha das cores na decoração do ambiente de terapia também pode influenciar no tratamento, criando uma atmosfera acolhedora e tranquila para o paciente. Por exemplo, o azul pode ser utilizado para transmitir tranquilidade e confiança, enquanto o verde pode ser utilizado para transmitir frescor e harmonia. No entanto, é importante lembrar que o uso das cores deve ser sempre avaliado e planejado pelo terapeuta, de acordo com as necessidades e características individuais de cada paciente.


Por isso, é fundamental que o terapeuta tenha conhecimento sobre a psicologia das cores e saiba como aplicá-la de forma adequada no tratamento dos seus pacientes. A utilização das cores de maneira consciente e estratégica pode contribuir significativamente para o sucesso da terapia e para o bem-estar emocional dos pacientes.




Conclusão:


A psicologia das cores é uma área de estudo que se dedica a entender como as cores afetam a percepção e o comportamento humano, e como podem ser utilizadas em diferentes contextos, incluindo marketing, design e terapia.


Neste blog, exploramos as emoções associadas a diferentes cores, exemplos de marcas que utilizam a psicologia das cores em suas estratégias de marketing, e aplicações práticas da psicologia das cores em ambientes físicos e digitais.


Ao entender as emoções e significados associados a cada cor, é possível utilizar as cores de forma estratégica para transmitir mensagens específicas e criar ambientes que estimulem emoções positivas. Na terapia, as cores podem ser utilizadas como ferramenta para auxiliar no processo de autoconhecimento e na busca por soluções criativas.


No entanto, é importante lembrar que as associações com as cores podem variar de acordo com a cultura e o contexto social, e que a escolha das cores deve ser sempre avaliada de forma individual e cuidadosa, especialmente em contextos terapêuticos.


Em resumo, a psicologia das cores oferece um vasto campo de possibilidades para aprimorar nossas comunicações e criar ambientes que estimulem emoções positivas e bem-estar.


Por Fred Esteves

 

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

PRODUTOS